"Se eu fechar os olhos agora"

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Depois de uma pausa à qual eu gostaria de me referir como produtiva (no entanto isso seria uma mentira), voltei às leituras. Mas é claro que comigo as coisas não podem ser simples, portanto estou lendo na tela do iPad.

(eu já mencionei que comprei um iPad? não? deixe-me consertar isso: COMPREI UM IPAD E ELE É BOM DEMAIS!)

Mas eu estava falando de leituras, livros, literatura, essas coisas de que ninguém gosta. Só que eu gosto, o que fazer, certo?, perdoe-me por isso. No domingo entrei no site da Saraiva e comprei "Se eu fechar os olhos agora", do Edney Silvestre, talvez você já o tenha visto na Globo ou GloboNews (é jornalista).

É uma delícia esse lance de querer um livro, acessar o site da loja, digitar o número do cartão de crédito, clicar em confirmar e em alguns segundos já estar lendo-o (se me permite essa ênclise possivelmente mal-empregada, e se me permite esse hífen possivelmente mal-empregado).

Mas divago, tergiverso, digressiono.

"Se eu fechar os olhos agora" trata de dois amigos que encontram o corpo de uma mulher assassinada. São dois garotos abrindo levemente a porta da adolescência, nos anos 60, numa cidadezinha coronelista no interior do Rio de Janeiro. O marido da morta assume a culpa pelo assassinato mas os moleques não acreditam e partem numa investigação que irá mudar suas vidas.

A sinopse que escrevi acima faz com que o livro pareça banal mas a história da moça assassinada traz enorme profundidade a ele, há horas em que dá vontade de parar e vomitar de tanto nojo pelas coisas que aconteceram a essa moça (o que, por sinal, um dos personagens acaba fazendo).

Recomendo a leitura como uma bela história de amizade e um retrato do que já foi (e é bem possível que em alguns lugares ainda seja) o papel da mulher na sociedade.

20110422-065157.jpg

----------------------------------------------------------------------------------


Estou no iniciozinho de "O filho da mãe", de Bernardo Carvalho. Espero arranjar um tempinho pra tagarelar sobre ele por aqui depois.

Comments

No response to “"Se eu fechar os olhos agora"”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)