Saramago

sábado, 19 de junho de 2010

vários anos atrás li "Todos os Nomes" do Saramago. E foi tudo que li dele, apesar de ter outros 4 livros nas prateleiras da Biblioteca Mulatinho ("O Ano da Morte de Ricardo Reis", "História do Cerco de Lisboa", "O Homem Duplicado", "As Intermitências da Morte"). Apesar de ter lido tão pouco de sua obra tenho que lamentar sua morte, que deixa um vácuo difícil de preencher na língua portuguesa. Não apenas por causa de seu prêmio Nobel (o único de um escritor do nosso idioma), mas por causa de suas posturas políticas, sua lealdade a seus pontos de vista.

Pelo pouco que conheço da obra do Saramago (do livro que li, e de folhear outros), parece-me que o texto dele pode ser considerado difícil, por sua estrutura de longos parágrafos e poucos diálogos, o que exige atenção total do leitor - não dá pra ler um livro dele distraidamente, ou você se concentra ou é melhor nem começar. Mas se você vencer essa barreira, a recompensa será supimpa.


Comments

No response to “Saramago”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)