No Ar Rarefeito

terça-feira, 1 de junho de 2010

Depois de algumas semanas entupindo-me de livros de gerenciamento de tempo e organização pessoal (que, como já percebi em outras ocasiões, no meu caso só são eficientes enquanto os estou lendo, no momento em que termino de lê-los - ou abandono-os - volto à minha vidinha de bagunceiro), eis que uma jóia me reacendeu o amor pela literatura. No Ar Rarefeito, de Jon Krakauer, narra a escalada do Everest pelo autor, junto com um grupo de exploradores. Desde o começo já ficamnos sabendo que uma tragédia que levará a vida de vários deles está perto, e ficamos sabendo pois essa se trata de uma história real, mas em nenhum momento isso tira o prazer da leitura. Vocês sabem, o importante é a jornada, os meios justificam os fins.

O livro é escrito num ritmo calmo, pausado, cadenciado, digamos que combina com o ritmo da escalada, onde o ar mais e mais rarefeito torna cada passo uma batalha contra si mesmo. Cada capítulo incia-se com um trecho de algum outro livro sobre a escalada da montanha, deixando o leitor ainda mais situado. O autor é jornalista, portanto sabe contar uma história, e essa até o momento tem sido uma deliciosa história.

Abaixo seguem algumas fotos do Everest, que retirei do Flickr:


Comments

No response to “No Ar Rarefeito”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)