O trabalho hoje em dia

domingo, 9 de maio de 2010

Para tentar dar um jeito na minha improdutiva vida, estou relendo A arte de fazer acontecer (de David Allen). Logo na página 5 do livro me deparei com uma frase que me chamou a atenção: "Quantos de vocês fazem apenas aquilo para o qual foram contratados?", pergunta o autor.

Hoje em dia é cada vez mais difícil encontrar alguém nessa situação, aliás, é cada vez mais difícil definir precisamente quais são as atividades de um determinado trabalho, de uma determinada função. O mais comum tem sido dar uma idéia geral, informando do que se trata o trabalho e onde ele será realizado, mas não informando exatamente como fazê-lo, até porque ele pode ser um pouco diferente todos os dias.

O trabalho hoje em dia é mais cerebral, menos mecânico, exige mais estudo, dedicação, disponibilidade. Por isso encontramos tantos maus profissionais em nosso dia-a-dia: todos querem receber a recompensa pelo trabalho, mas poucos estão dispostos a aceitar os sacrifícios que ele exige atualmente.

É fato que o trabalho mecânico (do tipo que se vê numa linha de montagem, quando, por exemplo, sua função é ficar em frente a uma esteira e apertar um determinado parafuso de todas as peças que passam por ela) ainda existe. E não pretendo diminuir quem trabalha dessa forma, mas também é fato que o mundo se encaminha para cada vez mais exigir cérebro de seus trabalhadores, e a competição por vagas tem sido tão forte que os maus profissionais serão substituídos por gente disposta a se destacar. E, infelizmente, essas pessoas passarão cada vez menos tempo com suas famílias, se divertirão cada vez menos, enfim, viverão cada vez menos.

Toda essa exigência é uma coisa boa? Não sei. Quero dizer, é claro que é uma coisa boa para os consumidores dos produtos e serviços. Mas e para o trabalhador? É saudável ter que pensar tanto em trabalho, especialmente quando se está em casa, com sua família? É justo perder o sono ou horas com seus filhos para estudar e se aperfeiçoar? Qual é o objetivo disso tudo?


Comments

No response to “O trabalho hoje em dia”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)