Button e Barrichello

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Jenson Button é o novo campeão mundial de Fórmula-1. Pelo seu assombroso desempenho nas primeiras 7 corridas da temporada (seis vitórias e um terceiro lugar) é claro que o título foi justo, mas creio que ele seja o mais fraco (em termos de talento) campeão desde que comecei a acompanhar o circo em 1994.

É bacana compartilhar a emoção de um campeão, coroando anos de trabalho árduo, mas fica a sensação de que tratou-se apenas de um ano bom dele, aliado a um ano péssimo de Massa, Alonso, Raikkonen e Hamilton (estes dois últimos até que tiveram uma melhora na segunda metade).

Apesar de não ter conseguido superar seu companheiro de equipe, vale enaltecer o bom trabalho de Barrichello nesta temporada, especialmente quando se relembra que no início do ano tudo levava a crer que sua carreira estava terminada. Depois de 2 vitórias, 1 pole e brigando pelo vice-campeonato na última corrida da temporada, o brasileiro mostrou que, se não é um gênio, ao menos é um piloto de enorme competência, e tudo leva a crer que ainda estrá no circo ano que vem, provavelmente na Williams.

Comments

2 Responses to “Button e Barrichello”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

E.P.H.O.D.E.S disse...

Alow Alow mais um Mulatinho solto no mundo... multiplicando esses genes carregados de coisas boas.

00:46

Seja bem vindo.

10:27