Escrever é um ofício

domingo, 12 de julho de 2009

Estou com uma mania chata: durante minhas leituras, buscar trechos para citar aqui no blog, ou anotar em meus cadernos. Tenho feito isso em demasia, mas não tem jeito, se leio algo como o texto abaixo, resposta do escritor português Antonio Lobo Antunes a uma das perguntas feitas pela revista Época desta semana, tenho que postar aqui:

ÉPOCA - Como o senhor define sua obra?

LOBO ANTUNES - Eu não entrei na literatura para ser um escritor qualquer. Quero ser maior que Tolstói e Joyce - e acho que todo escritor tem de pensar assim, senão ele não produz nada. Ele tem de pensar em coisas grandes. Comecei a escrever porque queria revolucionar o romance, subverter a literatura, transformá-la em algo que ainda não existia, ofuscar os antepassados. É assim o meu projeto. Quero colocar tudo num livro, o mundo inteiro, minha vida inteira. Quero praticar a obra de arte total que imaginava Richard Wagner. Escrevo livros impossíveis. Se me ocorre uma história que me sinto incapaz de formular, é aí que começo um livro. Quero escrever sobre o que não entendo, sobre o que não tenho competência. É assim que vou contornando os problemas, e chamam isso de estilo experimental. Na verdade, é uma atitude de enfrentamento. E de liberdade. É por isso que não creio na profundidade. O que existem são infinitas superfícies superpostas. Quando você se aprofunda demais em um assunto, acaba saindo pelo outro lado, de mãos abanando. Escrever é um ato impossível porque tudo o que interessa vem antes das palavras, como as intenções, os desejos, a loucura. Os poetas são maiores porque conseguem transferir essas coisas inomináveis para as palavras. Mas escrever também é um ofício, como o de médico ou de carpinteiro. É preciso conhecer a técnica, para abandoná-la. Todo grande livro é uma reflexão profunda sobre a arte de escrever. Cada livro meu tem de ser um mundo.


Comments

One response to “Escrever é um ofício”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog. 01:40