Maior de todos os tempos

domingo, 5 de julho de 2009

Hoje foi um dia lendário para o tênis. Uma página importantíssima de sua história foi escrita no gramado da quadra central de Wimbledon, onde Roger Federer, após uma batalha de 5 sets contra Andy Roddick, tornou-se o recordista de títulos de Grand Slam com 15 conquistas.

Acabei não podendo assistir ao jogo todo, mas vi o último set e, meus caros, o placar dele diz muito a respeito do tamanho da batalha que foi esta partida: 16 x 14 para o suíço.

Uma pena que Rafael Nadal não conseguiu reunir condições físicas para defender o título conquistado no ano passado, mas isso não diminui o tamanho da façanha alcançada pelo tenista dos Alpes, que agora pode, enfim, ser chamado de o maior de todos os tempos.

P.S.: Para quem gosta de boas análises sobre este esporte fascinante que é o tênis, recomendo a leitura do blog do Paulo Cleto, que há muito tempo mora em meus agregadores de RSS.


Comments

No response to “Maior de todos os tempos”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)