Em Terapia

sábado, 9 de maio de 2009

In Treatment é a melhor série da atualidade. Ponto final. Eu não acompanho tantas quanto gostaria, mas não é difícil concluir que nenhuma série atual vá tão fundo na psique humana mesmo tendo tão pouca coisa acontecendo na tela.

Para quem não conhece o programa, Gabriel Byrne é o psicoterapeuta Paul Weston. Os episódios da série (são 5 - isso mesmo, cinco - por semana) mostram as sessões de Paul com seus pacientes. Tanto a temporada passada como esta focam em 4 pacientes de cada vez; o 5º episódio semanal é o momento da inversão de papéis, com Paul consultando-se com sua psicoterapeuta Gina (interpretada pela vencedora do Oscar Dianne Wiest).

Os 4 pacientes desta temporada são: Mia, que foi paciente muitos anos atrás, e culpa Paul por várias derrotas em sua vida; April, uma jovem que acaba de descobrir que tem câncer, e decide que não vai lidar com a doença, simplesmente fingindo que ela nem existe; Oliver, uma criança com problemas bem densos, que incluem a separação recente de seus pais e a dificuldade de lidar com as expectativas deles; Walter, o CEO de uma grande empresa que passa por ataques de pânico, a pressão de seu trabalho e problemas familiares.

O que os pacientes contam a Paul é tudo que sabemos sobre eles; não há flashbacks, não há formas de acompanhar o que acontece a suas vidas entre uma sessão e outra. Isso é muito bacana, cada paciente é um desafio diferente para Paul e para o expectador, e a cada sessão novas peças são adicionadas ao quebra-cabeças de que cada um deles é composto. Inclusive Paul, que em suas sessões com Gina mostra as mesmas inseguranças que seus pacientes pagam para combater.

Se você ainda não assiste, faça um esforço e aprenda mais sobre si mesmo.

(abaixo segue um trailer da 2ª temporada. A imagem não está muito boa, mas vale a pena)

Comments

No response to “Em Terapia”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)