De como o Twitter vai matar este blog

segunda-feira, 30 de março de 2009

Eu já vinha pensando nisso há algum tempo, mas na madrugada de ontem tive certeza: o Twitter vai matar este blog. Bem, talvez isso seja drástico em excesso, mas o fato é que durante a transmissão da Fórmula-1 tive a oportunidade de fazer minha coberturazinha tanto aqui no blog como lá no Twitter, e a resposta que obtive no serviço de microblogging foi muito legal, enquanto aqui, bem, como (quase) sempre, ninguém viu (até porque não há quase nada para ver).

No Twitter tive a chance de ver o que outros usuários estavam dizendo, trocar algumas idéias com eles, e poder postar sem me preocupar com o tamanho minúsculo de meus posts (até porque lá existe o limite de 140 caracteres).

De uns meses (talvez anos) prá cá, este meu blog vem sendo usado na maior parte das vezes para dizer coisas bem pequenas tipo "Desculpe o sumiço. Trabalhando muito" ou "Ando com muita dor de cabeça ultimamente". Coisas que poderiam perfeitamente ser postadas no Twitter.

Isso tudo é para dizer que não pretendo mais usar este blog para dizer coisinhas à toa. Não vou apagá-lo de forma alguma, mas só pretendo aparecer por aqui quando tiver algo mais substancial para dizer, algo que ultrapasse de longe a idéia dos 140 caracteres. Todas as minhas transmissões Ao Vivo serão agora feitas pelo Twitter, assim como respostas a perguntas como "O que você está fazendo?"ou "Como você anda se sentindo?".

Comments

One response to “De como o Twitter vai matar este blog”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Daniel disse...

Pô, eu continuo visitando aqui!

16:41