Top 5 de livros

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Conforme o prometido, segue aí o top 5 de leituras de 2008. Normalmente faço um top 10, mas como neste ano foram poucos livros, o top vai passar por um downsizing. Não existe uma hierarquia entre os 5 livros, ou seja, para este top 5 nenhum é melhor que o outro.

À Espera de um Milagre - Uma jóia com a assinatura de Stephen King. Todo mundo já deve ter assistido ao filme, que é muito bom, mas, confiem, o livro é ainda melhor, mais contundente, mais detalhado. Nesse ano li "apenas" 3 livros do King, mas esse valeu pelos outros 2 somados.

A Sangue Frio - "Romance de não-ficção", "reportagem romaceada", "new journalism", seja lá como se refira ao estilo desse texto, uma coisa não se pode negar: trata-se de uma obra-prima. A história dos dois ladrões que invadem uma fazenda para roubar uns trocados e matam toda uma família é contada de uma maneira que segura o leitor a laço, com todos os seus detalhes e descrições precisas que em nenhum momento tornam a coisa monótona.

As Benevolentes - "Irmãos humanos, permitam-me contar como tudo aconteceu. Não somos seus irmãos, vocês responderão, e não queremos saber. É bem verdade que se trata de uma história sombria, mas também edificante, um verdadeiro conto moral, garanto a vocês. Corre o risco de ser um pouco longa, afinal aconteceram muitas coisas, mas, se calhar de não estarem com muita pressa, com um pouco de sorte arranjarão tempo. Além do mais, isso lhes diz respeito: vocês verão efetivamente que lhes diz respeito.". Esse é o primeiro parágrafo do livro (que (control-v)zei do Sérgio Rodrigues. A tradução é de André Telles), carregado livro, complicado livro, longo (900 páginas) livro, soberbo livro. Ainda hoje, tantas décadas após o genocídio dos judeus (e de outras etnias também) por parte dos nazistas, esse passado reverbera na forma como vivemos nossas vidas; é uma história cruel, mas que precisa ser contada, e ouví-la da voz de um dos carrascos torna-a ainda mais forte.

Dylan - A Biografia - A intensa vida de Bob Dylan, contada por Howard Sounes. Uma vida cheia de genialidade, manias, problemas, música, pintura, filhos, família, literatura, amigos, guitarras, violões, amor. Um dos maiores artistas do século 20 e que continua nos brindando com o fino da música (e da literatura também) no século 21.

Moby Dick - Confesso que ao terminar a jornada do Pequod, não achei que tinha sido grande coisa. Mas aos poucos a lembrança da jornada do capitão Ahab e de seus tripulantes veio me retornando em flashes, além de todos os conhecimentos náuticos que constam no magnífico texto de Melville. De repente, vi-me querendo reler o livro (o que ainda não fiz por falta de tempo) pois percebi que ele fala sobre muito mais coisas que homens num barco, fala sobre a humanidade.

Comments

No response to “Top 5 de livros”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)