Louca Obsessão

domingo, 27 de abril de 2008

Louca Obsessão, filme de Rob Reiner, baseado no romace Angústia de Stephen King - Que filme horroroso!

Paul Sheldon é um escritor de sucesso, autor de uma série de livros sobre uma heroína do século XIX, Misery Chastaine, que acaba de colocar um ponto final a esta série, lançando um livro em que a personagem morre no final. Ao isolar-se em uma montanha do Colorado para escrever um romance que julga que será uma mudança radical em seu estilo literário, ele sofre um acidente de carro por causa de uma tempestade de neve e é resgatado por Annie Wilkes. Ela revela ser sua "fã número 1", absolutamente fanática por Misery, e o hospeda em sua casa enquanto ele se recupera dos ferimentos do acidente (por causa da neve tornara-se imposssível transefí-lo para um hospital). Pouco depois, enquanto ele ainda estava lá, ela compra o novo livro na cidade e descobre a morte de Misery. Daí, então, o pesadelo começa: Annie obriga Paul a escrever um livro em que Misery volte à vida, caso contrário o matará.

É nesse ponto que o filme começa a se distanciar do livro (que, se não é um dos melhores de King, ao menos é um história de muita qualidade): enquanto este se debruça sobre o processo de Paul para escrever o novo livro, o filme tenta fazer um suspensezinho idiota, com caras e bocas do casal de protagonistas. O andamento do novo romace quase não é mencionado no filme, enquanto que o livro parece existir unicamente para mostrar isso, um escritor construindo uma história original, tornando plausível algo em que, primeiramente, pensaríamos como absurdo.

Ao escolher o caminho do suspense, o filme se banaliza; enquanto que a escolha do livro o fortalece. É claro que o livro também tem suspense, mas está concentrado mais no final, o qual é muito mais bem resolvido que o do filme.

Comments

No response to “Louca Obsessão”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)