Sobre leituras ruins em 2008

domingo, 3 de fevereiro de 2008

Ao contrário do ano passado, em que li livros maravilhosos e em grande quantidade, este ano está sendo meio magro, tanto quali quanto quantitativamente. Até agora só concluí um, Um Drink Antes da Guerra, do Dennis Lehane; um livro correto, com boas doses de sarcasmo dos protagonistas, mas uma trama sem grandes inovações, sem algo que apaixone. Do Lehane eu já li um que é milhões de vezes melhor, Sobre Meninos e Lobos.

No momento estou lendo A Intimação, do John Grisham. Estou ciente que esse gênero suspenses de tribunal não é famoso por sua literatura de alta qualidade, mas devo dizer que esse espécime que tenho em mãos no momento é pior do que a média. Assim como Um Drink Antes da Guerra, não há nada apaixonante nele, nada que me faça ter vontade de não largá-lo. Já li Grishams bem melhores.

Além desses dois, outro livro que comecei neste ano foi As Crônicas de Nárnia, o clássico do C. S. Lewis. A 1ª história até que foi legal, mas a 2ª (que originou o 1º filme - ao qual não assisti) foi bem enfadonha, e a 3ª também vinha no mesmo ritmo quando a interrompi. Vou acabar retornando, só não sei quando.

Ao terminar A Intimação vou procurar na biblioteca um texto que seja reconhecidamente bom, para que meu 2008 enfim seja iluminado pela literatura.

Comments

No response to “Sobre leituras ruins em 2008”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)