Em greve

domingo, 9 de outubro de 2005

Sim, meus caros. Vocês já devem ter sido informados pela imprensa, mas vou reforçar: nós, bancários, estamos em greve desde quinta-feira por um melhor reajuste salarial, além de outras cláusulas.

E o que tenho eu feito durante estes dias de ócio? Para falar a verdade, bem pouco. Terminei de ler o Memento mori e agora vou partir para Crônica de uma morte anunciada, do Gabo. Muita televisão, colocando em dias as gravações efetuadas através do Sky+. Curtindo a esposa e os dois filhos (um já está falante - num dialeto incompreensível - e espertíssimo, ao passo que o outro começa a se destacar na barriga da mãe).

O que me preocupa quanto a esta greve é o retorno. Vocês já sabem o pânico que me toma pela perspectiva de trabalhar após um feriado, ou seja, após apenas um dia de banco fechado. Agora imaginem se esta greve se estender durante muito tempo. O horror que não será quando voltarmos ao batente. No ano passado a greve terminou exatamente quando começaram minhas férias, dessa forma não tive que conviver com o terror que foi, disseram-me, a volta ao trabalho. Neste ano não terei esta sorte (a não ser que a greve dure dois meses, já que minhas férias começam em dezembro, mas isso não acontecerá).

Comments

No response to “Em greve”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)