quinta-feira, 6 de março de 2003

Aí então eu vinha andando pela rua quando encontrei minha primeira namorada. E ela estava grávida. Ela está grávida. De 5 meses. Ela, que antes de se tornar minha namorada, foi minha melhor amiga, ela vai ser mãe.

É meio esquisito isto, não? O tempo está passando, meus amigos de Escola Técnica Federal de Campos (onde estudei durante 4 anos até me tornar Técnico em Química) estão se casando, engravidando, formando-se na faculdade, e distanciando-se de mim.

Tá, eu sei, também não sou o mesmo. Casei, estou trabalhando, tranquei a faculdade (eu, que sempre fui tão estudioso), enfim, mudei. Mas sou um saudosista, e não consigo me esquecer daquele tempo.

Bem, isso tudo foi apenas para desejar felicidades à minha grande amiga Érika e a seu bebê.