sábado, 1 de março de 2003

Aqui vai um pedido, leitor, e não ouse recusá-lo: dê um jeito (locadora, Cinemax, se lá como) agora mesmo de conseguir o filme Réquiem para um Sonho e assista-o. Por favor, não perca. É o filme mais intenso a que assisto em muito tempo (minha vida inteira talvez).