sexta-feira, 21 de fevereiro de 2003

Não assisti ao jogo de ontem contra o 12 de Octubre, mas tenho que dizer que dá gosto ver o Santos jogar. Mesmo quando perde - como no último sábado para o São Paulo - o time busca o ataque o tempo todo. Diego e Robinho já tornavam a equipe ótima, mas a chegada do Ricardo Oliveira fez a equipe ficar excelente. Ele é um grande atacante, goleador e que sabe o que fazer com a bola (ao contrário de outros goleadores, que só sabem pegar a bola e chutar). Seu talento, definitivamente, estava sendo desperdiçado na Portugues de Desportos. Já imaginaram uma final entre Santos e Real Madrid em Yokohama no final do ano. Que sonho!