sábado, 15 de fevereiro de 2003

Estou lendo aqui na Época que o caso da morte do calouro de medicina Edison Tsung Chi Hsueh - morto em fevereiro de 1999, durante um trote dos veteranos da faculdade - ainda não chegou a uma conclusão e está longe disso. O processo foi suspenso um dia após a nomeação de Márcio Thomaz Bastos para o cargo de Ministro da Justiça, no dia 20 de dezembro de 2002.



Sou assinante de Época desde 1998. Na época do acontecimento, a revista dedicou duas capas ao assunto. Não adiantou muita coisa. E o pai do rapaz até hoje pede, sem sucesso, justiça.



Este é o Brasil, o país do carnaval.